Criando sua segunda aplicação com Angular

Conclusão

Ao longo deste tutorial, criamos componentes utilizando a ferramenta de linha de comando Angular CLI, utilizamos diretivas estruturais (ngIf, ngFor), apresentamos conteúdos alternativos com <ng-container> e <ng-template>, aplicamos classes CSS condicionalmente com [class.*] e [ngClass], reagimos a eventos com event binding, disparamos nossos próprios eventos como EventEmitter, interagimos via TypeScript com elementos HTML utilizando @ViewChild e ElementRef e torturamos nosso déficit de atenção com tantas classes CSS nos códigos de exemplo.

Se você estiver confortável com tudo isso, eu sugeriria como próximo passo criar uma camada de gerenciamento de estado, injetar os serviços nos componentes e retirar deles essa responsabilidade. Pra isso, você pode criar uma classe de serviço simples baseada em RxJS, ou partir logo para uma solução mais robusta como NgRx.

Participe

E aí, aprendeu algo novo? Viu uma gafe? Comenta aí dizendo o que você achou, e como posso fazer pra melhorar nos próximos tutoriais.

Valeuuu.

Deixar uma resposta